Available actions

Reader available actions

Share
 

Defesa (col.)

Description details

Description level

Section Section

Reference code

PT/AHM/DIV/3/01

Descriptive dates

1645 - 1971

Dimension and support

55 cx. com 1.301 processos, incluindo alguns mapas, croquis, desenhos e fotografias a p/b e 1 pasta com 3 livros manuscritos.

Producer

Por se tratar de uma colecção de documentos sobre "Defesa", surgem-nos diversas entidades produtoras ao longo dos séculos XVII a XX, com destaque para o Corpo do Estado-Maior e da sua Brigada de Reconhecimentos Militares; Real Corpo de Engenheiros, Estado-Maior de Engenharia e Comando Geral de Engenharia; Comando das Divisões Militares; diversas comissões eventuais criadas no âmbito do Ministério da Guerra ao longo do séc. XIX nomeadamente a Comissão de Defesa de Lisboa e seu Porto, Comissão Consultiva de Defesa do Reino, Comissão da Arma de Engenharia, Comissão da Carta do Reino, Comissão de Fortificações do Reino, Comissão Superior de Guerra, entre outras; Estado-Maior do Exército e do Governo do Campo Entrincheirado de Lisboa; Comissão Superior de Guerra, etc.

Scope and content

Esta colecção é composta por estudos e relatórios sobre defesa do Reino, suas fronteiras e costas marítimas; planos de defesa das diferentes regiões; memórias descritivas dos itinerários pelas Divisões Militares; relatórios sobre o estado das fortalezas, suas guarnições e artilharia e relatórios de obras; demarcação de fronteiras e reconhecimentos militares e topográficos com a descrição de terrenos e zonas; estatísticas de diversos concelhos em termos demográficos, populacionais, agrícolas e inquéritos militares desenvolvidos pelas Divisões Militares; inspecção das estradas militares e fortificações; destaque para as memórias do princípe Cristhian Waldek às províncias das Beiras, Estremadura, Alentejo e Algarve no final do séc. XVIII; relatórios de defesa; normas de actuação e directivas. Da documentação do séc. XX são de relaçar os estudos sobre a delimitação de zonas de circulação aérea com pareceres do Conselho do Estado-Maior do Exército, da Comissão de Aeronáutica e da Direcção de Aeronáutica Militar; instruções para a ocupação das linhas férreas pela Inspecção do Serviço Militar de Caminhos-de-Ferro; pareceres da Comissão Superior de Defesa sobre reconhecimentos, defesa e mobilização; autorizações de fotografias aéreas pelo Conselho Nacional do Ar; e instalação de campos de aviação.

Arrangement

Esta colecção não se encontra organizada. Os documentos foram reunidos e colocados na Secção por ordem sequencial de entrada no Arquivo Histórico Militar, segundo a organização do seu património documental de 1931.

Language of the material

Contém documentos em inglês, francês, espanhol e alemão em escrita gótica.

Physical characteristics and technical requirements

Alguns documentos encontram-se em mau estado de conservação.

Location of originals

Contém cópias de originais do séc. XVII da Biblioteca de Universidade de Coimbra, códices: 507, 601 e 2566.

Alternative form available

Alguns documentos encontram-se em duplicado.

Related material

Sobre este tema da “Defesa”, ver os seguintes fundos e colecções do AHM:

Na 3ª Divisão: 2ª secção relativa à “organização do Exército” (DIV/3/2); 9ª secção para as “Fortificações”; 20ª Secção sobre “Propriedades e instalações militares. Obras em Geral”; 31ª Secção para “Estado Maior do Exército”; e a 46ª Secção para a “Engenharia”. Arquivo Militar de Lisboa (DIV/4/1) sobretudo para as memórias e estudos de defesa no séc. XVIII e XIX.

Para as Divisões Militares consultar o inventário dos “Livros de Registo Antigos” os sub-fundos relativos aos Órgãos Intermédios de Comando (FG/F5/E9 a E15); a Comissão de Engenharia criada por Despacho de 14 de Dezembro de 1836 (FG/F5/I11) e para o Real Corpo de Engenheiros as séries 179, 184, 312 e 930 (FG/F5).

O fundo particular de Miranda Cabral, chefe do Estado-Maior do Exército, é importante para os estudos sobre defesa, em geral, e sobre o porto de Lisboa, em particular, ao nível do Conselho Superior do Exército (FP/F26).

Nos fundos orgânicos ver a Direcção dos Serviços do Ultramar, para a defesa do Ultramar na década de 50 do séc. XX, com especial incidência para a Índia Portuguesa (FO/F39); a 3ª Repartição do Estado-Maior do Exército (FO/F29) sobre operações, reconhecimentos e pareceres sobre defesa; e a 2ª Repartição do Estado-Maior do Exército (FO/F32) sobre informações.

Publication notes

AHM - Plano e disposições para a defesa da fronteira entre o Tejo e o Douro, desde Villa Velha até ao Escalhão, pelo Marechal de Campos Marquez de Alorna - datado de 26 de Março de 1801. In: “Boletim do AHM”, Lisboa, vol. 18 (1948), pgs. 79 - 90. Costa, António José Pereira da - A cidadela de Cascais e a Defesa da Costa Marítima do Guincho ao Estoril. In: “Boletim do AHM”, Lisboa, vol. 63 (1998 - 1999), pgs. 37 - 98. Guedes, Lívio da Costa - "A viagem de Christian, Príncipe de Waldeck, ao Alentejo e ao Algarve descrita pelo barão von Wiederhold". In: "Boletim do AHM", nº 60, 1992. ID - "A viagem de Christian, Príncipe de Waldeck, pelas províncias da Beira e da Estremadura descrita pelo barão Von Wiederhold. 1798”. In: "Boletim do AHM", nº 62, 1997. ID - “Primeiras Planas e Estados-Maiores”. Separata da Revista Militar, nº 2-3, Fev.-Mar. 1989. Lima, Henrique de Campos Ferreira - “O príncipe de Wladeck, marechal do Exército Português”. In: "Boletim do AHM", nº 7, 1937.